quinta-feira, 26 de novembro de 2009

O EVANGELHO DA BÊNÇÃO

Antes da criação do mundo,

Deus já nos havia escolhido para pertencermos a ele,

sendo unidos com Cristo,

a fim de sermos somente dele

e estarmos sem culpa diante dele,

por causa do seu amor por nós.

Efésios 1.4 (leia 1.3-6,11-12) – BLH

A ênfase do evangelho é a escolha de Deus a nosso favor, e não o fato de sermos perdidos. É bênção, não culpa. Mas a tradição das igrejas diz o contrário. Em primeiro lugar, o ser humano é “pecador” e condenado por Deus. Conforme esta tradição, somente "aquela minoria" que abraça esta teoria será "des-condenada". Nesta teologia, Deus é o Grande Lixeiro. Ele criou a humanidade, mas o Diabo entrou no meio e roubou a maioria deixando Deus com um punhado de gente. Deus está jogando fora a maior parte da humanidade para ser queimada como lenha no fogo do inferno, bem como o Diabo quer...

A ênfase bíblica é contrária à ênfase da teologia da condenação. A Bíblia começa com a criação da terra, como coisa boa e termina com um novo céu e uma nova terra onde há árvores cujos frutos são para a cura das nações. As páginas da Bíblia estão repletas da atuação de Deus a favor e não contra os povos da terra. A teologia do "deus lixeiro" apresenta um deus que é tão fraco que vai conseguir salvar somente a minoria... A Bíblia apresenta um Deus poderoso e vitorioso nos seus propósitos de vida e de grandes bênçãos.

2 comentários:

guilherme disse...

que ridiculo isso que deus tão poderoso é esse q não é capaz de ajudar seus filhos??
a biblia fala que deus amou o mundo de tal maneira que deixou seu unico filho para que padecesse sobre a cruz do calvário para nos salvar muito obrigado pela oferta mas pode me deixar de lado e salvar seus milhões de filhos que morrem de fome todos os dias ná africa ou até mesmo aqueles q morrem nas guerras que acontecem na "terra sagrada" onde jesus viveu é curioso como um lugar onde nasceu um ser tão bondoso segundo a bíblia viva sob guerra e pessoas morrendo de forma cruel todos os dias será mesmo q deus nos ama tanto assim q não é capaz de salvar nem seus filhos meis pobres????

mas, talvez exista uma explicação!!!!
Esses filhos não podem oferecer dizimo né senhor????!!!!

Santee disse...

Levantou uma questão muito importante - a maldade humana. Apesar das riquesas da natureza o ser humana opta pela ganância, massacrando os mais fracos e destruindo a si mesmo. Pior, muitas vezes feito em nome de Deus. Para muitos, estes atos coloca em dúvida a existência de Deus. Se Deus é bom porque deixa passar? Boa observação!!!!!